segunda-feira, 25 de maio de 2009

Churrasco Alpino

Para fugir do calor atípico de 35 graus que assolou este final de semana milanês, pusemos o pé na estrada rumo às montanhas alpinas de Gromo, a 1.200 metros de altitude. O vilarejo se localiza a cerca de 100 quilômetros a nordeste de Milão, região montanhosa que precede os Alpes, a poucos passos da Suíça.



A beleza natural da região é de tirar o fôlego e a fauna local a torna ainda mais fascinante. Há grande variedade de aves como corujas, águias e poianas, bem como texugos, raposas, doninhas(mustela nivalis) e cabras-de-montanha, entre outros. Até ursos e lobos vivem alí, onde o homem não põe os pés.


O frescor das montanhas ficou entre 25 a 28 graus, um bom motivo para um churrasquinho entre amigos, debaixo dos pinheirais.

4 comentários:

hissahe disse...

O ar das montanhas é ótimo pra arejar a alma e os pulmões.
Tititi...não vá me dizer que andou fumando enquanto vigiava a carne....

LuMa disse...

Hissahe: Como mês de maio, é um record histórico de Milão, pois 35 graus, nem em julho chega a tanto inferno. Fumei a fumaça da churrasqueira! :)

Anônimo disse...

Realmente, 35 graus é muito quente!!!Mas que lugar lindo para se refugiar!!!!!E ainda pertinho da Suiça.....e vç lá no esforço para acender a churrasqueira!!!!!Não sei si entendi bem, vç parou de fumar??????????Que ótimo se parou , hoje é o meu segundo dia sem fumar um cigarro, não é fácil. Mas vou ser forte!!!!!bjussss

LuMa disse...

Regina:
Qdo vc vier, a gente faz um churrasquinho lá, pois vai gostar. Aquí todos gostam de de um pic-nic e levam tudo de casa. Digo, tudo mesmo. Qdo vier, vamos levar churrasquinho, farofa, oniguiri e tsukemono, craro, ok? Beijinhos.

PS: Ainda não conseguí parar...