segunda-feira, 22 de março de 2010

Visitantes de pena


Faz algumas semanas que acordo em plena madrugada, com cantos de pássaros que vieram viver ao lado da janela do meu quarto, onde uma imensa magnólia abriga todos os anos um alegre minicondomínio ornitológico.

Nada fora do calendário natural - já que a primavera começou oficialmente ontem - , nao fosse o insólito fato que começam a cantar já por volta de duas ou três da madrugada, um fenômeno jamais notado em anos anteriores. Serão vítimas do engano ótico, provocado por iluminações urbanas ou inusitadas mudanças climáticas a subverter a evolução e o ciclo natural destes insones.

Segundo uma rápida consulta no site da Liga Italiana de Proteção aos Pássaros, uma das mais combativas associações no campo ambiental junto ao Bird Life International Europe, algumas espécies diminuíram cerca de 40 a 60% do território nacional em apenas dez anos.

Eu mesma já os coloquei em risco anos atrás, ao colocar pedaços de maçã à beira da janela, com expectativa de atrair mais passarinhos ao minicondomínio, mas desistí rapidamente. Possuo uma guardiã felina que passa a inteira estação a fazer birdwatching por trás da janela. Com a janela devidamente fechada, espero atraí-los sem artifícios este ano. Apenas com o silêncio.

5 comentários:

Anna Karine disse...

Oi Luma!Ainda bem que a primavera chegou!
Aqui na minha cidade, começei a notar esse mesmo fenomeno. Varias vezes acordei com o cantarolar dos passaros em plena 2h da manha. Achei superestranho. Geralmente eles começavam seu recital as 5h30. Deve ser consequencia da mudança climatica.

LuMa disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
LuMa disse...

Karine:
Quer dizer que vc tbém notou... Fiquei 'encafifada' com esse fenômeno, pois nunca ocorreu até hoje. Outro dia perdi o sono e até me levantei com a orquestra tocando ao lado da janela às 2h30 da madrugada. Tadinhos, estão perdendo referências naturais...

Anônimo disse...

vai ver eles estao sofrendo de jet leg, vindo do norte da ásia, sabe como é sofrer com fuso horario, quando a gente se adapta já tá na hora de voltar....

rsrsrs

Anna

LuMa disse...

Anninha:
Juro, Anna, fiquei grilada com esse fenômeno, tadinhos... Tenho certeza que estamos fazendo mais vítimas de qto imaginamos. É um caso sério, Anna, não dá pra brincar não...