segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Sua Santidade o Encanador

Ferrari F-430 Spider, disponível apenas para a elite local, como eletricistas, encanadores e mestres-de-obra.


Vossa Santidade,

Venho humildemente através deste fax recordá-lo que já cansei de deixei 27 recados com a sua secretária executiva, explicando a razão da minha urgência pela pia entupida.

Sei o quanto sou inoportuna insistir pela sua respeitada prestação de serviços, no momento em que a V. Santidade se encontra imerso em compromissos de maior urgência. Desejo-lhe sucesso na transferência burocrática de sua Porsche por uma Lamborghini e na redecoração de sua casa de montanha em St Moritz. Livre de seus empenhos, eu lhe peço encarecidamente, que possa me dedicar 15 minutos do seu precioso tempo para o desentupimento.

Sei que há uma viagem marcada para Bangcoc na próxima semana, onde há importantes compromissos com seus empreendimentos escusos artísticos. Mas se puder verificar o que ocorre com a minha pia, ficarei honrada em recebê-lo antes do seu embarque. No horário e data em que a V. Santidade estabelecer. Me perdoe por este capricho e se abuso da sua boa vontade.

Não se preocupe com o alagamento da minha cozinha, que já completa 6 dias. Nem com o anulamento dos meus compromissos de trabalho a causa de seus furos imprevistos. Para tranquilizá-lo, meu marido e eu já vivemos de galocha. Serei feliz em sobreviver com coragem e confiança no cumprimento de suas palavras, com as quais nunca faltou.

Para a facada o pagamento de seus honorários, o ressarcimento do macacão manchado e pelos materiais superfaturados cobrados à parte, já fui ao banco retirar em dinheiro. Já lhe antecipo que não terei que fazer nenhum financiamento que possa irritar a sua paciência.

Não se preocupe pela sonegação ausência de nota fiscal, que a V. Santidade diz ser culpa da gráfica que não lhe imprimiu em tempo. Compreendo perfeitamente que, tratando-se de um atendimento de urgência, a V. Santidade é quem está me prestando um grande favor por todo este transtorno. No aguardo de sua resposta,

Meus distintos cumprimentos,

LuMa

6 comentários:

Paola disse...

Ah! Conheço bem essa história!
A diferença é que aqui nossos profissionais da área, para garantir o serviço, aparecem, quebram aqui, arrancam aquilo dali, sob o argumento que está faltandoa peça, somem e só voltam muito tempo depois, a desculpa é que o modelo está em falta no mercado....
Eu recorro ao Seu Chaves, que é embrulhão mas acaba fazendo o serviço,ai seu Chaves!

Beijos

PAola

Anônimo disse...

Luma!!!!
Voce esta em apuros de novo??
So falta a sua exa. USAR o Guianluca como auxiliar..rsrs..
Ainda bem que desse mal nao sofremos aqui (por enquanto)

Beijos

Anônimo disse...

LUMA, ESTOU PENSANDO SERIAMENTE EM FAZER UM CURSO NO SENAI DE ENCANADORA, ELETRICISTA ETC ETC E PRESTAR MEUS SERVIÇOS NA ITÁLIA!!!!

batatatransgenica disse...

ah, então é uma síndrome mundial, essa dos prestadores de serviço? LOL!

Adrina disse...

Em todo lugar isso, então. Quando mudei para Belo Horizonte, o eletricista que conseguimos (com muito custo) para instalar ventiladores de teto, tomadas, chuveiro, etc, sujou as paredes recém pintadas no apartamento de um jeito tão incrível que precisou pintar de novo, porque com esponja e sabão não saiu.

Shoiti disse...

este seu comentário me faz lembrar do livro "Gomorrah" do Roberto Saviano. Acabei de lê-lo ontem (12.02) à noite e em muitos momentos tive vontade de pegar uma AK-47 e fazer peneira de todos os Camorristi. Superfaturar, marcar e não aparecer, inventar desculpas... pensei que isso acontecesse só aqui, no nosso país tupiniquim...