domingo, 16 de agosto de 2009

Subúrbio


Quando me encontro no país, utilizo com frequência o trem suburbano que coliga São Paulo e a cidade onde mora a minha mãe. Entre perder o tempo no eterno tráfego na Marginal Tietê, a poluição de seus escapamentos e o mau humor coletivo que isso gera, melhor a pontualidade da ferrovia. Ainda que esta provoque também a sua inconveniência: o inevitável panorama que enche nossos olhos através de suas janelas. Todos os males de um país resumidos lá fora, naquela paisagem desoladora de miséria e degradação. Uma favelização que serpenteia por todo o subúrbio, e que a cada ano parece abocanhar novos espaços públicos e privados que encontra à frente, até alcançar a opulência da Capital.

Este artigo de Lya Luft traduz com exata precisão a reflexão pela qual sou tomada a cada sacolejo naqueles 50 minutos de percurso.

Ainda que persista a apatia e indiferença nas feições dos próprios passageiros, não posso negar a minha consternação. Não quero ser condescendente com o estado das coisas. E nem o retorno ao conforto do lar, à cidade e ao país que me abriga me faz parar de pensar.

8 comentários:

Adrina disse...

É difícil ficar indiferente, Lu. Só que não tem sangue nas veias é que consegue.
Bom "ler" você de volta. Espero que as férias tenham sido ótimas.

AMARela Cavalcanti disse...

Demourou a voltar... tava sentindo falta já!
bjos!

LuMa disse...

Adrina: Já não sei o que mais me aflige, se a apatia ou a violência que nasce desta realidade...
* Brigada, as "férias" foram quase todas ocupadas pelas filas nos bancos, Prefeituras, Receita e outros guichês públicos :(

LuMa disse...

Amarela:

Pelas suas partes o sol deveria ter sido generoso. Em SP, só chuva e frio:( Sem falar que perdí mais esta ocasião de comer uma boa comida daí:) Beijos.

Shoiti disse...

ahh, vai... a comida do Sato tava ótima, não é???? afinal foi seguida de um papo 'cabeça' para colocar quase 20 anos de fofoca em dia... mas faltou muito, já que cobrimos apenas uns cinco anos...

LuMa disse...

Shoiti:
A comidinha estava pra lá de ótima, e a companhia, melhor ainda!

AMARela Cavalcanti disse...

Nada Luma! O inverno aqui surpreendeu este ano e fez frio. É claro que nem se compara com o inverno paulista, mas pra nós aqui qualquer 25º já é muito frio.

Bjus!

Anônimo disse...

Muito bonito, veio ao Brasil e nem um alô, isso porque sou sua irmãzinha mais nova snif, snif.....